SSP prende 20 e apreende três acusados de vários crimes em Alagoas

Em entrevista coletiva, a Secretária de Segurança Pública apresentou, na tarde desta terça-feira (19), detalhes sobre a prisão de 20 e apreensão de três, acusados de praticarem vários crimes como homicídios, tentativas de homicídios, tráfico de drogas, assaltos e furtos registrados em Alagoas, nas últimas semanas.

As prisões foram resultado de operações conjuntas entre as policiais Civil e Militar e apresentação foi coordenada pelo secretário de Segurança, coronel Lima Junior. com a participação do delegado Manoel Acácio, secretário-adjunto.

As investigações foram comandadas pelos delegados Fábio Costa, responsável pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), Ana Luíza Nogueira, gerente de Polícia Judiciária da Região 1 (Metropolitana) e Valdeks Pereira da Silva, responsável pela Gerência de Polícia Judiciária Região 3 (GJR-3).

As Polícia Civil concluiu que a maioria dos crimes de homicídios está ligada a acerto de contas entre integrantes de facções rivais no tráfico de drogas. Alguns assassinatos foram praticados com uso de mutas intimidações e torturas das vítimas, segundo o delegado Fábio Costa.
Entre os presos, Rodrigo do Nascimento Almeida, de 18 anos, foi autuado em flagrante, no começo deste mês. A vítima foi resgatada por uma viatura do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) com um dedo decepado e com quatro marcas de disparos de arma de fogo na perna. O fato registra o procedimento adotado pela acusados para praticar homicídios e aconteceu no bairro do Ponta da Barra, em Maceió.

Outro caso apresentado é sobra a morte de Jasmy Glória dos Santos Lima, morta a facadas em um ponto de ônibus no Bairro da Serraria, na parta alta de Maceió. Madson dos Santos de Souza, de 21 anos, foi preso em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça. O motivo do crime seria o fato de a vítima ser prima de um inimigo pessoal do suspeito.

José Erique Ferreira de Lima, de 28 anos, foi preso em flagrante por ter assassinado com disparos de arma de fogo José Michel Viana da Silva, e por ter tentado contra a vida de Dinaldo Silva de Amorim, no bairro de Ipioca, em Maceió. O motivo do crime ainda está sendo levantado pela polícia, mas suspeita-se de acerto de contas entre integrantes de facções rivais.

A Polícia Civil também apresentou detalhes sobre a prisão de Omar de Souza dos Santos, de 27 anos, preso em cumprimento a mandado de prisão temporária por ter, no começo de agosto, na Grota do Arranha Céu, na Chã de Bebedouro, assassinado com disparos de arma de fogo, Alessandro Pereira da Silva pelo fato de a vítima ser membro da Mancha Azul, pertencente ao CSA, e o suspeito pertencer à Torcida Organizada Comando Vermelho, ligada ao CRB.

A Polícia Civil ainda apresentou o preso José Clóvis dos Santos Silva com mandado de prisão preventiva por ter assassinado com disparos de arma de fogo Carlos Eduardo Tavares da Silva. A vítima foi morta porque ele teria um relacionamento amoroso com a esposa de um amigo do suspeito. A polícia destacou que o mandante do crime presenciou o momento em que a vítima teve a vida ceifada.

Também foram apresentados os suspeitos presos e que seriam responsáveis por tentativas de homicídios, assaltos e furtos foram identificados como Joseilton José dos Santos, de 41 anos, Marcelo Viana Ferreira de Lima, de 23 anos, Claudevan dos Santos Silva, de 34 anos, Josenildo Barbosa da Silva, de 25 anos, Omar Souza dos Santos, de 27 anos, José Jorge Félix de Carvalho, de 33 anos, Erivaldo de Souza Vasconcelos, de 27 anos, Wilson Barbosa Nepomuceno, Elizângela Nascimento Felizardo, de 38 anos, Crislanne da Silva, de 27 anos, além dos dois menores A.A.L.L, de 17 anos, e FCSS, de 16 anos

Ascom – 20/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *