Presidente da Câmara deve assumir prefeitura de S. Luzia do Norte, diz MP

Recomendação do órgão foi divulgada nesta terça-feira (3).
Prefeito preso por estupro de vulnerável tomou posse no domingo.

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) recomendou, nesta terça-feira (3), que o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Luzia do Norte, José Alberto Hermenegildo da Silva, o Beto Policial (PROS), assuma interinamente o comando da prefeitura da cidade.

A recomendação partiu da promotoria da cidade diante da negativa do vice-prefeito, José Aílton do Nascimento, em assumir o cargo no lugar do prefeito eleito, Edson Mateus (PRB), que está preso por suspeita de estupro de vulnerável desde dezembro.

Edson Mateus chegou a tomar posse no cargo em 1º de janeiro, mas voltou para o quartel do Corpo de Bombeiros, no Trapiche, em Maceió, onde está detido preventivamente. De acordo com a juíza da comarca da cidade, Juliana Batistela, que autorizou a posse, o vice-prefeito deveria assumir interinamente enquanto o prefeito está preso.

A recomendação do Ministério Público tem como objetivo evitar a instabilidade administrativa do município de Santa Luzia do Norte e busca dar continuidade aos serviços públicos.

O prefeito eleito foi preso no dia 15 de dezembro de 2016, a pedido do MP, por suspeita de estupro de vulnerável. Ele foi detido pela Polícia Civil após a juíza Juliana aceitar a denúncia feita pela promotoria há pouco mais de um mês.

De acordo com o promotor Vinícius Ferreira, pesam contra o agora prefeito as acusações de estupro, satisfação da lascívia mediante a presença de criança e corrupção de menores.

Ainda no ano passado, o MP requereu um mandado de busca e apreensão à Justiça e, durante o cumprimento dessa medida cautelar, o aparelho celular do acusado foi apreendido. Levado para perícia na Polícia Federal, foi descoberto que Edson Mateus gravou o estupro e mantinha todos os arquivos guardados.

g1

04/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *