Prédios públicos evacuados durante tremor em Teresina são liberados

Segundo Defesa Civil, 30 edifícios foram vistoriados pelo Corpo de Bombeiros. Abalo sísmico de 4,7° foi registrado em Belágua (MA) nessa terça-feira (3).

Prédios públicos evacuados durante abalo sísmico em Teresina foram liberados e as atividades retomadas na manhã desta quarta-feira (4). De acordo com o diretor da Defesa Civil estadual, Vitorino Tavares, 30 edifícios foram vistoriados e nenhum apresentou rachaduras ou danos por conta do tremor.

Conforme o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo, foi registrado tremor de terra com epicentro entre as cidades de Belágua e Várzea Grande, no Maranhão com magnitude 4,6 graus na escala Ritcher às 9h43 (horário local) dessa terça-feira (3).

“Entre os prédios liberados estão da Defesa Civil, da Nucepe [Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos] e todos do Centro Administrativo. Apesar da situação voltar ao normal, as vistorias continuam em toda a cidade e prioridade são os edifícios públicos”, informou Vitorino Tavares.

A vistoria nos prédios de Teresina é realizada pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea).

Efeitos do tremor
Ainda na terça-feira, o governador Wellington Dias recomendou que edifícios mais antigos e de maior elevação permanecessem temporariamente desocupados até informações posteriores. Também foi sugerido que edifícios residenciais e comerciais privados requisitem uma visita técnica de um engenheiro ou solicite apoio da Defesa Civil.

g1

04/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *