Pai de Mayweather se oferece para treinar Ronda após novo nocaute

Pai de Mayweather se oferece para treinar Ronda após novo nocaute

Ronda Rousey decepcionou uma legião de fãs na última sexta-feira ao ser derrotada pela brasileira Amanda Nunes em apenas 48 segundos no UFC 207, em Las Vegas. A impotência de uma das principais lutadoras da categoria no octógono surpreendeu quem acompanhou o tão esperado combate e acabou gerando grande repercussão até no mundo do boxe.

Floyd Mayweather Sr., pai de Floyd Mayweather, concedeu uma entrevista após a luta entre Ronda e Amanda, se colocando à disposição da norte-americana para treiná-la. Antigo treinador de seu filho, que encerrou sua carreira sem nenhuma derrota, ele lamentou a falta de técnica da favorita no combate.

“A Amanda começou a soltar golpes assim que a luta começou e a Ronda estava simplesmente na grade, levando todos os golpes. Ela não tem nenhuma defesa e para ser sincero os ataques dela foram ruins também. Do jeito que a luta se desenrolou, a Amanda venceria com apenas uma mão. Eu treinaria ela sim. Acho que ela precisa de umas três lutas comigo para melhorar, de fato, o seu boxe. Eu garanto que todos veriam uma grande diferença”, disse o pai do pugilista ao site Eyes On The Game.

Apesar de ressaltar as falhas de Ronda Rousey, Floyd Mayweather Sr. valorizou a brasileira Amanda Nunes e, inclusive, acredita que este combate poderá marcar o início do domínio de uma nova lutadora no peso-galo feminino.

“Ela tem braços longos e soltou bons golpes. Pelo o que eu vi, acho que ela pode ser um terror para outras meninas. Ela sabe socar, eu penso que será difícil alguém derrotá-la”, comentou.

Essa foi a segunda derrota de Ronda Rousey na carreira. Anteriormente, um dos principais nomes do UFC havia sido derrotado por Holly Holm, fato que abalou fortemente a até então lutadora invicta. Já Amanda Nunes confirmou o bom momento, defendendo com sucesso o cinturão do peso-galo.

msn

04/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *