Nos seus 200 anos, Alagoas se reinventa e busca novos caminhos

São 200 anos de História marcados por fatos memoráveis, heróis nacionais, literatos mundialmente reconhecidos, músicos exemplares, cultura e culinária vastas. Diversos são os motivos que fazem do bicentenário de Alagoas um momento histórico para o Estado, geralmente lembrado por seus encantos naturais e pelo estigma da violência e dos números sociais negativos.

A virada de página começou com uma mudança na forma de encarar velhos problemas a partir de atitudes ousadas e do diálogo entre um poder público mais engajado e uma sociedade civil participativa. A avaliação é do governador Renan Filho, que aponta um momento de “travessia” do povo alagoano, ou seja, de “deslocamento” de uma realidade insustentável, de omissão e conformismo, para uma nova postura, de gestos incisivos e ações efetivas.

“Com muito trabalho, com união, diálogo e coragem, a gente está transformando toda essa energia alagoana em resultados, em uma virada de página, em criação de oportunidades, em transformação da realidade. Alagoas, que todo o Brasil conhece pelas belezas naturais incomparáveis, mas que também o país se acostumou a ver pelas notícias negativas, desanimadoras, hoje muda esse panorama”, observa o governador.

“Somos uma terra que viu nascer heróis desbravadores, que lideravam batalhas pela liberdade, pela justiça, pelos direitos do povo. O que acontece em Alagoas, atualmente, é um resgate da tradição guerreira, lutadora e ousada”, afirma Renan Filho.

Para simbolizar a transição de Alagoas para esse futuro almejado, uma série de eventos será realizada até o final do mês nas cidades de Marechal Deodoro, Porto Calvo e Maceió, além de toda uma programação que vem sendo executada pelo Governo do Estado desde o início do ano e que se estende até dezembro.

A série de encontros, intitulada “Travessia Alagoas Mais 200”, teve início na semana passada, no Rio São Francisco, com centenas de representantes governamentais, liderados por Renan Filho, que seguiram de barco de Piranhas a Piaçabuçu para conversar com a população ribeirinha e ouvir suas demandas, entregar novas obras e apresentar as ações em andamento. Em Penedo, na sexta-feira (15), ao lado do governador de Sergipe, Jackson Barreto, o governador Renan Filho realizou um ato em defesa do Velho Chico, cobrando investimentos em saneamento básico dos municípios ribeirinhos e ações efetivas para a revitalização do rio.

“Com essa travessia de Piranhas a Piaçabuçu, nós conversamos com as autoridades e as pessoas comuns para mostrar que o Governo está percorrendo os caminhos da História e definindo a rota para o novo. Ainda este mês, nós vamos à Serra da Barriga, em União dos Palmares, fazer um ato em defesa da igualdade racial e da liberdade; vamos fazer atos em Marechal Deodoro e Porto Calvo para resgatar as origens de Alagoas e mais um nas grotas de Maceió, em parceria com a Organização das Nações Unidas para destacar a importância de o Estado estar perto de quem mais precisa, através do programa Vida Nova nas Grotas”, revela Renan Filho.

O Vida Nova nas Grotas executa, em parceria com o programa da ONU para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), melhorias em mobilidade urbana e ações de inclusão produtiva, desenvolvimento social e desenvolvimento econômico em 24 grotas de Maceió, com a perspectiva de chegar a 40 comunidades até o final deste ano e nas outras 36 em 2018, abrangendo todas as 76 grotas da capital. Além dessa iniciativa, Renan Filho destaca outras medidas do Executivo estadual, implementadas em todas as regiões de Alagoas, como exemplos da mudança de paradigma que resultou na saída de Alagoas do topo dos rankings da violência e desigualdade social no Brasil.

“Somos o Estado mais transparente do Brasil, o que alcançou a maior redução da violência, um dos melhores resultados nacionais na educação, o mais sucedido equilíbrio fiscal, que representa uma capacidade de investimento que nos diferencia dos demais estados brasileiros. Na contramão da crise, estamos investindo na construção de três novos hospitais, estradas, abrindo escolas em tempo integral, implementando novidades como os Centros Integrados de Segurança Pública e a Força-Tarefa e levando água pra quem precisa”, lembra o governador.

“É com essa força que a mudança chega. Pra ficar. Estamos de pé, avançando. Isso é escrever uma nova história, honrando o passado de luta da nossa terra e da nossa gente. Por isso, este momento é decisivo, porque conseguimos entrar no bom caminho, corrigir o rumo, colocar o nosso Estado na frente. Os parabéns, é claro, também vão pra cada alagoano e cada alagoana, junto com um sincero agradecimento. É a participação do povo, o apoio, a crítica construtiva, o incentivo, a presença das pessoas, ao lado de um governo presente. É essa conjunção transformadora que nos faz olhar ao lado, ver o que estamos construindo juntos, e olhar pra frente com mais do que esperança, olhar com uma confiança crescente”, avalia Renan Filho.

Ascom – 20/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *