Morre o jornalista e radialista Carlos Miranda

jornalista

O jornalismo alagoano amanheceu em luto nesta quarta-feira (20). Faleceu nesta madrugada o jornalista e radialista Carlos Miranda. Ele era portador de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e não resistiu a uma parada cardíaca.

Miranda estava internado há quase três meses no hospital em virtude de uma pneumonia grave, ele passou o último mês na UTI. Família e amigos estavam realizando uma excursão para o Recife no próximo dia 22 para uma partida entre Santa Cruz x Flamengo para que os fundos auxiliassem na reforma da casa de Miranda e possibilitasse que o tratamento fosse realizado de lá.

Antes, jornalistas e amigos organizaram dois bazares para arrecadar fundos para o tratamento de Miranda e da também jornalista Olívia de Cássia, que sofre de uma doença degenerativa. Será mantido no próximo sábado um novo bazar, no Sesc Poço, a partir das 8 horas.

Ainda não há informações do sepultamento.

Carreira

Miranda trabalhou no Jornal de Alagoas, foi repórter rádios do Grupo GB de Comunicação, Maceió FM, Imperial AM, Cultura de Arapiraca, Progresso, Milênio, Difusora, Gazeta, Correio e CBN. Em 2012 e 2013 foi comentarista do SporTV durante o Campeonato Brasileiro.

Cada Minuto