Luiza Brunet presta queixa por foto de nu artístico

Luiza Brunet relatou em suas redes sociais neste domingo (17) que está sendo alvo de ataques nas redes sociais. Há uma década, a ex-modelo fez uma foto nua para um renomado fotógrafo internacional e viu o clique voltar a repercutir nas redes, de modo negativo. “Há dez anos aproximadamente posei para o livro do fotógrafo Terry Richardson, chamado “Rio de Janeiro Cidade Maravilhosa”. Outras personalidade também fotografaram para o mesmo livro. Não me envergonho, nem me arrependo”, escreveu Luiza.

‘Visam atacar minha honra’, completa Luiza

De acordo com o Terra, ainda na Justiça para comprovar união estável com o ex-namorado, Lírio Parisotto – condenado por agressão após a artista denunciar ter sido machucada por ele em julho de 2016 – a modelo argumentou: “Agora, em razão de denúncia que fiz contra meu ex-companheiro, passei a ser vítima de ataques baixos nas mídias sociais. Ataques que visam atacar minha imagem e honra, tentando diminuir a defesa que faço dos direitos das mulheres, em especial no campo da violência doméstica. Não é coincidência que esses ataques tenham se intensificados na semana em que aconteceu a audiência de conciliação na ação que discute a união estável que mantive. Nem é coincidência que eu seja o único alvo desses ataques, apesar de outras pessoas terem fotografado para o mesmo livro”.

Modelo procurou delegacia: ‘Formalizei a queixa’

Ativa na luta contra violência contra mulheres, Luiza explicou porque quis procurar a Justiça diante dos ataques. “Decidi dar queixa quando descobri que alguém está procurando internautas oferecendo dinheiro para que eles repliquem essa história. Hoje pela manhã fui até uma delegacia e formalizei a queixa. Respeito o direito à livre manifestação e pensamento. Mas tenho o direito e o dever de defender minha imagem e honra. Já nessa semana que se inicia tenho audiência em processo que trata de um ataque feito por um “hater”. Todas as pessoas que são vítimas desse tipo de ataque devem denunciar, para que a polícia identifique os agressores. Não podemos deixar que essas pessoas fiquem impunes”, encerrou a artista.

18/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *