Funcionária do Subway é chamada de “Escrava Isaura” e vai à polícia

funcionaria
A operadora de caixa Rosilene Medeiros, de 30 anos, estava no segundo mês do período de testes em uma franquia da rede Subway no bairro de Madurerira, no Rio de Janeiro, quando passou por uma situação constrangedora que a fez pedir demissão.

O problema foi que a gerente do estabelecimento publicou uma foto no Facebook na qual Rosilene aparece ajoelhada, limpando uma vitrine. Na legenda, a frase: “Protagonista da novela escravasaura (sic)”.

Ao Extra, a operadora disse que já havia passado por uma situação similar com a gerente. “No meu primeiro dia de trabalho, ela fez uma reunião com o pessoal. Ela vestia um casaquinho com a estampa de três macaquinhos, aí começou a falar: ‘Aqui na loja tem dois macaquinhos, agora estou procurando o terceiro macaquinho’. Ela falava isso e ria. Uma dessas pessoas foi tirar satisfação, mas ela insiste que fala essas coisas brincando”, disse.

Rosilene registrou boletim de ocorrência na 29ª DP, em Madureira.