Esmal realiza consulta pública com servidores para definir calendário de cursos de 2018

A Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal) realizou, na segunda-feira (25), consulta pública com servidores para elaboração do calendário de cursos de 2018. Durante os encontros, que aconteceram no Tribunal de Justiça de Alagoas e no Fórum da Capital, mais de 300 formulários foram preenchidos com sugestões de capacitação.

   De acordo com a coordenadora de cursos para servidores da Esmal, juíza Luciana Raposo, a ação tem o intuito de promover uma gestão participativa e que supra os interesses dos profissionais. “Nós queremos saber quais os interesses de cada um para que possamos fazer uma gestão mais democrática na hora de elaborar os cursos ”, afirmou.

    “Queremos que o servidor saia da Esmal melhor do que ele entrou. Com isso, esperamos que a prestação jurisdicional se dê de uma forma mais adequada e que os profissionais consigam exercer seu trabalho com mais facilidade”, completou a magistrada.

   Para o diretor-geral da Esmal, desembargador Fernando Tourinho, esta iniciativa é uma forma de fazer cumprir a função da instituição. “O papel da Escola é tentar melhorar os serviços prestados pelo Poder Judiciário de uma maneira geral”, disse o desembargador.

    Os servidores receberam formulários para serem preenchidos com sugestões de capacitação e puderam sanar dúvidas sobre os mais diversos assuntos. “Visitamos todos os cartórios explicando como a consulta pública estava sendo realizada e tirando dúvidas dos profissionais”, explicou a supervisora administrativa da Esmal, Claudia Helena Souto, que participou da consulta.

Ascom – 27/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *