Debbie Reynolds pediu para se juntar à filha antes de morrer

Debbie Reynolds pediu para se juntar à filha antes de morrer

Debbie Reynolds, que faleceu na última quarta-feira (28), aos 84 anos, após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral), expressou o desejo de se encontrar com a filha, Carrie Fisher – que havia morrido um dia antes, na terça-feira (27).

Segundo o “TMZ”, as últimas palavras da veterana antes de sua morte foram: “Eu quero estar com Carrie”.

A frase foi dita em conversa com seu outro filho, Todd Fischer, quinze minutos antes de a artista sofrer o derrame que a vitimou.

De acordo com familiares, Debbie já havia tido diversos AVCs ao longo do ano de 2016. Com a saúde debilitada, a perda da herdeira teria sido o ‘golpe fatal’.

msn

29/12/2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *