Concurso de redação da Esmal aborda mediação de conflitos e promoção da paz

Como forma de incentivar a leitura, escrita e o debate dos temas abordados pelo Programa Cidadania e Justiça na Escola (PCJE), a Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas (Esmal) lançou, na manhã desta segunda-feira (18), a edição de 2017 do concurso de redação que contemplará estudantes da rede pública municipal e estadual de Alagoas. Mediação de Conflitos e a promoção da paz será o tema das redações, que devem ser produzidas nas escolas entre os dias 25 e 30 de setembro.

Participarão do concurso as turmas de 9º ano das dez escolas selecionadas, sendo cinco do Estado e cinco do Município, que recebem as diversas ações promovidas pelo PCJE. Os responsáveis de cada escola escolherão as dez melhores redações, e na Esmal, serão selecionadas as três melhores de cada escola. Os estudantes contemplados ganharão mochilas e kits escolares. Um aluno da rede municipal e um da estadual ganharão o prêmio principal, que inclui um Tablet.

O juiz Anderson Passos, coordenador de Projetos Especiais da Esmal, destacou que a premiação do concurso é um incentivo, mas que o objetivo maior do projeto é fazer com que os alunos conheçam sobre o tema e sirvam como agentes reprodutores em suas comunidades.

“O mais importante é todo o processo. As palestras que eles assistiram, toda a reflexão proposta, tanto pela Esmal, quanto pelas escolas, e eles levam isso para casa. Então, é quase um ano de  trabalho, discussões, debates e de interação entre o Poder Judiciário, as  escolas e os estudantes. E é muito gratificante ver o quanto esses alunos aprenderam e ganharam. E nós também ganhamos com isso”, enfatizou o magistrado.

Conhecimento e solução dos conflitos

Os estudantes da Escola Estadual Dom Otávio Barbos Aguiar, localizada no Benedito Bentes, participarão do concurso pela segunda vez. De acordo com a diretora do colégio, Ana Margarida  Monte, após os debates promovidos pela Esmal, os alunos têm prestado mais atenção nos casos de violência e na resolução de conflitos.

“Essa parceria está sendo muito produtiva, porque o feedback que recebemos das crianças mediante esse trabalho é muito grande. Eles estão se sentindo à vontade de vir falar dos seus problemas e dos seus conflitos, e nós, acompanhados da Esmal, temos feito um trabalho de apoio e soluções dos problemas que eles tem trazido para nossa área”, comentou a diretora.

Para Margarete Mota da Fonseca, coordenadora pedagógica da Escola Municipal Tradutor João Sampaio, localizada no conjunto Jardim Petrópolis II, as expectativas para a realização do concurso são grandes, ainda mais por ser a terceira vez que a escola participa do projeto.

“Todos os temas que são discutidos nós vemos com muita frequência no cotidiano da escola. Então, o PCJE indo até a escola e realizando debates e no final, com a culminância de escrever uma redação, faz com que o assunto seja debatido, conhecido, e dá instrumentos para que o aluno possa denunciar diante de uma situação difícil”, destacou a coordenadora pedagógica.

O evento contou ainda com a dramatização de um telejornal produzido pelos alunos da Escola Estadual Edmilson Pontes com os temas abordados pela Esmal, e apresentação do Coral da Escola Estadual Princesa Isabel, que também cantou uma música composta por um dos alunos em homenagem aos 200 anos de Alagoas.

Cronograma do Concurso

25 a 30 de Setembro – Período de aplicação das redações nas escolas. As redações devem envolver assuntos como combate ao bullying e à violência na escola, prevenção e combate o uso de drogas, direitos e deveres do cidadão, Preservação do patrimônio público, combate à violência doméstica, combate à exploração sexual, entre outros temas abordados pelo PCJE, relacionados a mediação de conflitos e promoção da paz.

16 a 19 de Outubro – Prazo de entrega das redações na Esmal.

26 de outubro – Correção das provas de redação pela comissão julgadora, formada por três representantes da Esmal, Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

30 de outubro – Julgamento final.

6 de novembro – Premiação do concurso, às 8h, na Esmal.

Ascom – 18/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *