9 apostas do Oscar nos cinemas — para ver a partir de agora

Filmes laureados em outras cerimônias despontam na fila de favoritos ao principal prêmio do cinema

Todos os anos, cerimônias como o Globo de Ouro e o Critics’ Choice Awards, com suas listas de indicados e vencedores, servem de termômetro para prever quais filmes e atores serão indicados ao Oscar. Para 2017, alguns títulos já estão disparados entre os favoritos, enquanto outros prometem surpreender ao longo do caminho.

Boa parte das produções chega aos cinemas brasileiros entre janeiro e março. Confira na agenda abaixo os filmes que conquistaram a crítica americana e devem figurar em categorias relevantes do principal prêmio do cinema mundial, que acontece em 26 de fevereiro.

Animais Noturnos

Quando: 29 de dezembro

Sobre o que é: A trama dirigida por Tom Ford é dividida em três partes. A primeira, no presente, acompanha a negociante de arte Susan (Amy Adams) e seu casamento em crise. A história se divide quando ela recebe o livro escrito por seu ex Edward (Jake Gylenhaal). A trama das páginas é encenada no longa, também com Gyllenhaal, mas em outro papel. Enquanto a realidade e a ficção se desenrolam, o passado de Susan e Edward é dissecado.

Prêmios: A produção saiu com o prêmio do júri do Festival de Veneza e agora concorre em três categorias do Globo de Ouro: melhor ator coadjuvante para Aaron Taylor-Johnson, direção e roteiro para Ford.

A Qualquer Custo

Quando: 5 de janeiro

Sobre o que é: O filme é um faroeste moderno que narra a história de dois irmãos (vividos por Chris Pine e Ben Foster). Eles decidem assaltar bancos com o propósito de reestabelecer as finanças da família — uma das muitas afetadas pela crise imobiliária americana. No caminho, os rapazes precisam encarar a marra do velho delegado interpretado por Jeff Bridges.

Prêmios: A produção está indicada em três categorias no Globo de Ouro: melhor filme dramático, ator coadjuvante (para Bridges) e melhor trilha sonora original. O longa também levou o prêmio de Un Certain Regard (Um Certo Olhar) no Festival de Cannes.

Manchester à Beira-Mar

Quando: 12 de janeiro

Sobre o que é: O drama fala sobre traumas e luto. Após a morte de seu irmão, Lee Chandler (Casey Affleck) é obrigado a retornar à sua antiga cidade para tomar conta de seu sobrinho adolescente. Aos poucos, o filme revela o passado de Lee e os motivos que o levaram a ir embora do local.

Prêmios: Premiado pelos críticos de Nova York e Los Angeles, a produção concorre em cinco categorias do Globo de Ouro: melhor filme dramático, ator em drama (Affleck), atriz coadjuvante (Michelle Williams), diretor e roteiro original.

La La Land – Cantando Estações

Quando: 19 de janeiro

Sobre o que é: A produção é um musical que acompanha sonhadores na cidade de Los Angeles. Além de focar no romance do pianista de jazz Sebastian (Ryan Gosling) e da atriz iniciante Mia (Emma Stone), o longa também presta uma homenagem ao cinema como forma de arte.  O filme é o terceiro do diretor e roteirista Damien Chazelle, que concorreu ao Oscar por Whiplash (2014).

Prêmios: La La Land tem colecionado elogios entre crítica especializada e festivais de cinema. A produção concorreu ao Leão de Ouro em Veneza, onde Emma Stone saiu com o prêmio de melhor atriz. No Globo de Ouro, a produção ostenta sete indicações: melhor filme de comédia ou musical, ator (Gosling), atriz (Emma), diretor, roteiro original, música original e trilha sonora.

Até o Último Homem

Quando: 26 de janeiro

Sobre o que é: Típico dramalhão de guerra, o filme dirigido por Mel Gibson narra a história real do soldado Desmond T. Doss (Andrew Garfield) que foi à II Guerra Mundial com o ideal de não matar e nunca pegar em uma arma. Com criatividade e apreço pela medicina, o rapaz salva diversas vidas.

Prêmios: O filme está indicado em três categorias do Globo de Ouro: melhor filme dramático, ator em drama (Garfield) e diretor. A produção também levou sete prêmios na cerimônia do Instituto de Cinema da Austrália.

Silêncio

Quando: 2 de fevereiro

Sobre o que é: Assinado por Martin Scorsese, o filme acompanha os padres jesuítas Sebastião Rodrigues (Andrew Garfield) e Francisco Garupe (Adam Driver) durante uma viagem ao Japão. Na trajetória, eles enfrentam perseguições e crises de fé, enquanto encaram cenas de violência e miséria.

Prêmios: Ao contrário de outros longas, o filme não fez carreira em festivais de cinema pelo mundo e, por enquanto, apresentou sessões limitadas especiais antes de sua estreia oficial pelo mundo, em janeiro. Por isso não tem prêmios no currículo. Contudo, o título é citado por especialistas como um possível candidato ao Oscar.

Lion – Uma Jornada para Casa

Quando: 16 de fevereiro

Sobre o que é: O drama narra a história do indiano Saroo (Dev Patel), que aos cinco anos de idade se perdeu do irmão em Calcutá e sobreviveu sozinho até ser adotado por uma família australiana. Na vida adulta, ele decide ir atrás de sua família biológica. Dirigido por Garth Davis, o longa também traz no elenco as atrizes Nicole Kidman e Rooney Mara.

Prêmios: Lion está indicado em quatro categorias do Globo de Ouro: melhor filme dramático, ator coadjuvante (Patel), atriz coadjuvante (Nicole) e melhor trilha sonora.

Moonlight

Quando: 23 de fevereiro

Sobre o que é: A produção foca na história de Black (Trevante Rhodes), um jovem negro em três fases, desde sua infância em um bairro pobre de Miami até a vida adulta. Enquanto luta contra a realidade de crimes ao redor, ele tenta se encontrar e assumir quem realmente é.

Prêmios: Assim como La La LandMoonlight tem conquistado diversos prêmios em cerimônias da crítica especializada pelo mundo. No Globo de Ouro, a produção concorre em seis categorias: melhor filme dramático, ator coadjuvante (Mahershala Ali), atriz coadjuvante (Naomie Harris), diretor e roteiro original para Barry Jenkins, e melhor trilha sonora.

Jackie

Quando: 2 de março

Sobre o que é: A trama foca na história de Jacqueline Kennedy (Natalie Portman), enquanto a primeira dama encara os dias que sucedem o assassinato do marido, o então presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy. O longa é dirigido pelo chileno Pablo Larraín, atualmente em cartaz com a cinebiografia Neruda.

Prêmios: A produção foi indicada ao Leão de Ouro do Festival de Veneza e venceu na categoria de melhor roteiro. Já Natalie Portman deve conquistar sua terceira indicação ao Oscar com a produção. Por enquanto, ela concorre ao Globo de Ouro como melhor atriz em drama, e saiu com o prêmio da categoria no Critics’ Choice Awards.

Veja

31/12/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *